O que é o amor?

Bom dia queridos,

Eu estava lendo um livro muito bacana, um best seller da área de administração, O Monge e o Executivo de James Hunter.

E como eu gosto muito de conceitos, mas tenho dificuldades de dar nome aos bois, se é que você me intende, eu gostaria de partilhar o conceito de amor que este livro me ensinou. Nas minhas palavras mesmo.

ajudando_uns_aos_outros 2

O Amor

O amor é lealdade, trabalho em equipe; o amor respeita a dignidade e a individualidade.

Características do Amor:

O amor Ágape, na  definição bíblica é o que se chama de amor paciente, amor bom. Um amor que não se gaba, que não é arrogante, não é inconveniente, não quer tudo para si, não condena por um erro cometido, não encontra prazer na maldade, mas é alegre com a verdade, suporta todas as coisas e aguenta tudo. É um amor que nunca falha.

São características deste amor:

* Paciência – mostrar autocontrole

* Respeito tratar as pessoas como se fossem importantes. Porque todas as pessoas são importantes.

* Humildade – ser autêntico sem pretenção, orgulho ou arrogância.
*Abnegação – satisfação da necessidade dos outros mesmo que isto implique em sacrificar suas próprias necessidades e vontades.

* Bondade – Dar atenção, apreciação e incentivo.

* Perdão – Não se ressentir quando for enganado. Não signifca que você não pode chamar a atenção da pessoa, você pode. Só não poderá guardar mágoas pelo que ela fez.

* Honestidade – Ser livre de engano. Nosso comportamento deve ser livre de engano e dedicado à verdade a todo custo. A omissão e a meia verdade também são mentiras.

* Compromisso – Sustentar suas escolhas. Comprometer-se com as obrigações assumidas em sua vida.

O substantivo àgape e o verbo correspondente agapaó descrevem um amor incondicional, baseado no comportamento com os outros, sem exigir nada em troca. O ágape é serviço e caridade, acima de tudo.

Existem também outros tipos de amor o Eros, por exemplo, são sentimentos baseados em atração sexual e desejo ardente. Já o Storgé é uma afeição especial entre membros de uma mesma família. O amor Philos é a fraternidade, o amor recíproco. Uma espécie de amor condicional do tipo: “você me faz o bem que eu te faço o bem”. Atualmente, este amor é definido como amizade.

No grego moderno, há também o amor Pragma (Amor que prioriza o lado prático das coisas. O indivíduo avalia todas as possíveis implicações antes de embarcar num romance. Se o namoro aparente tiver futuro, ele investe) o Fraternal (é a afeição natural, como aquela que que os pais sentem pela prole) e o Thelema É o desejo de fazer algo, estar ocupado, estar em proeminência), que são subdivisões dos três amores pricipais: Àgape, Eros e Philos.

Antes que vocês me perguntem se eu posso emprestar o livro, eu fui legal e já achei em pdf para vocês: O+Monge+e+o+Executivo

Um beijo no coração de vocês.

Cellinda

Sensações do Cotidiano…

Boa tarde meus amores,

Todo mundo ralou pra caramba nesta segunda hein. Que lindo!

Sabe de uma coisa, no final de semana, eu estava reparando que tinha um povo lindo, sexy, bem vestido, no metro de NYC. Hoje eu levantei bem cedo e sai com o meu marido pro “trabalho” e só vi gente mal vestida, despenteada, com bafo e tal. Ao voltar para casa, por volta de 12:30 as pessoas lindas do metrô estavam todas lá indo trabalhar no turno da tarde.

nyc-subway-map-dress

A que conclusões eu cheguei:

1) Coitado de quem acorda cedo e faz o maior esforço para parecer lindo, nem funciona.

2) Dormir mais deixa as pessoas mais lindas;

3) Pegar serviço à tarde dá mais prazer às pessoas, por isto elas se vestem mais lindamente;

4) Acredito que quem trabalha à tarde também tem tempo de fazer as coisas (como se pentear e se arrumar), com calma, mais cedo;

5) Quem acorda cedo, ao meio-dia também deve estar lindo, porque já deu tempo de acordar e ir ao banheiro dar uma arrumada;

6) Nada para fazer dá nisso: Reparar nas pessoas e ainda escrever um post inútil sobre isso.

Viva feliz!

Cellinda

 

 

 

Vá direto ao ponto (.)

Aluno do 4º ano escreve redação a favor do casamento gay e vai direto ao ponto

É, bem sério.

É, bem sério.

A gramática pode não estar 100% correta, mas quem escreveu essa redação parece estar muito convicto do que está falando.

A redação abaixo foi escrita por um aluno do 4º ano, morador dos EUA, cujo texto foi compartilhado no Reddit por sua professora. Ele mesmo escolheu o tema – decidiu falar sobre casamento gay.

No texto escrito pelo garoto lê-se:

“Você nao pode impedir dois gays de se casarem porque eles são crescidos e nao importa se isso te assusta, simplesmente supere. Você deveria ficar feliz por eles, porque é um momento importante em suas vidas. Quando eu fui ao casamento dos meus avós, foi o momento mais feliz.”

 

No final, ele completa: “Como você pode ver, pessoas gays devem ter o direito de se casarem e você nao deve julgar as vidas das outras pessoas porque se você fosse gay, nao iria querer pessoas falando sobre você”.

Tá vendo, simples assim e sem rodeios.

A carta!

A carta!

Uma pergunta, na quarta série quantos anos a gente tem mesmo? Eu acho que eu tinha 9 anos.

Via Copyranter. Vi lá no Blue Bus.

Beijos,

Cellinda