O Shopping Fantasma

Bom dia Queridos!

O post de hoje tem o selo de qualidade ” Sérgio Naya

Palace II

Palace II

Hoje é dia de falar sobre a China, mais especificamente, sobre um fato curioso na cidade de Dongguan, o New South China Mall. Mas antes, um pouco de China para vocês.

Imagem externa do Shopping

Imagem externa do Shopping

A China é um lugar singular: ela é conhecida como o paraíso dos produtos pirateados,  mas é também o lugar em que você encontra tubarões sendo vendidos no Wallmart. É o lar dos gatos com asas (Sério!).

A China é o país com os maiores índices de poluição do ar. E  é dona de uma arquitetura exótica: Com hotéis em forma de raquete de pingue-pongue, ou em forma de círculo e claro, com direito a shopping fantasma.

O New South China Mall

Com espaço para 2.350 lojas, o shopping  está construído em sete zonas caracterizadas como cidades internacionais: incluindo Amsterdã, Paris, Roma, Veneza, Egito, no Caribe, e Califórnia. Estão representadas obras como: a réplica do Arco do Triunfo, uma réplica do sino de São Marcos de Veneza, o canal de Veneza com gôndolas, o Godzila e uma montanha russa in-door e out-door.

Desde a sua abertura em 2005, o shopping tem sofrido com a falta de ocupantes. Grande parte do espaço de varejo permaneceu vazia, com mais de 99% das lojas vagas. As únicas áreas ocupadas do shopping estão perto da entrada, onde  estão situadas várias  cadeias ocidentais de fast food e  a estrutura do estacionamento fui reaproveitada como pista de corridas de kart.

images (6)

A estrutura do shopping também deveria conter o Hotel Shangri-La, mas ele ainda não foi construído.

Mapa do Shopping

Mapa do Shopping

Falhas no Projeto

O shopping está localizado nos subúrbios de Dongguan, sendo acessado apenas de carro ou ônibus, tornando-o inacessível para uma grande porcentagem do público. Dongguan não tem um aeroporto, nem existem estradas adjacentes ao local do shopping.

Além disso, a população da cidade (de aproximadamente 100 milhões de habitantes) é constituída de operários, que recebem salários baixos. A  população chinesa China foi muito afetada pela crise econômica de 2008-2009, o que inibiu os gastos com supérfluos.

Escadas rolantes, nunca usadas

Escadas rolantes, nunca usadas

A falta de experiência e planejamento dos empreendedores também parece ter sido crucial para o fracasso do shopping, pois tudo indica que eles conseguiram o financiamento para a construção  do shopping antes de garantir que todos os espaços dedicados às lojas fossem ocupados.

Imagem Interna do Shopping

Imagem Interna do Shopping

O documentarista Sam Green fez um pequeno filme sobre o shopping chamado “Utopia, Part 3: The World’s Largest Shopping Mall” O filme estreou em 2009 no Festival de Sundance e foi exibido no documentário da PBS série PDV.

Fonte: Wikipédia e Mega Curioso

Obrigada!

Beijo,

Cellinda

Advertisements

5 thoughts on “O Shopping Fantasma

  1. Li sobre esse shopping outro dia em algum portal e fiquei pasmo, Sabia que na china tinha muita cidade fantasma, mas não shoppings.

    É muita falta de planejamento fazer um empreendimento desse tamanho em um local em que a população não tem recurso para consumo.

Comments are closed.